TV BOAS NOVAS - PÁ

Watch live streaming video from boasnovas at livestream.com

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Dai-lhes vós mesmos de comer.

Estive lendo e meditando em um dos textos mais conhecidos dos evangélicos: Mateus cap. 5 ver 14 – 21, e pude notar que a situação das pessoas daquele momento e dos discípulos de Jesus, não é muito diferente da que podemos observar nos dias de hoje.
Há ao nosso redor uma imensa multidão de famintos que, desesperadamente, esperam que alguém se compadeça deles e lhes saciem a fome. São pessoas famintas de amor, paz, felicidade e, acima de tudo, de salvação. E faz-se agora o seguinte questionamento: quem deve alimentá-las? Quem deve assumir essa responsabilidade? Os discípulos do Mestre foram até Ele com essa “preocupação”, pedindo que Jesus mandasse a multidão embora para que cada um resolvesse seus problemas, usando um dito popular: cada um por si. Mas eles tomaram um grande susto quando o Mestre lhes indicou quem deveria assumir a responsabilidade e tomar uma atitude para que a situação fosse resolvida: Dai-lhes vós mesmos de comer.
Naquele momento as desculpas começaram a surgir: “não temos nada.” ou “o que temos é pouco”. Só que há um detalhe: Jesus não perguntou o que eles tinham nem tão pouco a quantidade que tinham! O que ele falou foi: façam o que é preciso ser feito, não transfiram para os outros essa responsabilidade. Trouxeram, então, os famosos 5 pães e os dois peixinhos. Apresentaram ao mestre e o milagre aconteceu: a multidão foi saciada.
Façamos, agora, a seguinte reflexão: que postura temos adotado perante as multidões que nos rodeiam? Temos feito oque deve ser feito? Ou estamos tentando transferir a responsabilidade para os outros? Qual a postura que a Igreja tem adotado nos dias atuais? O que se pode notar é a hipocrisia tomando conta de quase todos que erguem clamores e mais clamores pela salvação das almas perdidas, pelos missionários que estão espalhados pelo mundo, mas o que se tem feito na prática? Quantos tem saído pelas ruas para evangelizar? Quantos tem enviado ofertas para colaborar com o trabalho missionário? O que tem realmente sido feito?
Para que vidas sejam salvas, libertas e restauradas não adianta apenas clamor! É preciso atitude! É necessário sairmos das quatro paredes que nos cercam e começarmos a fazer aquilo para o qual fomos chamados como nos ensina o apóstolo Pedro:”Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;”( I Pd.2: 9).
Deus não nos tirou das trevas apenas para nos salvar, mas tambem para que pudêssemos ir de encontro aos que ainda estão lá para resgatá-los e para que eles também possam chegar ao conhecimento do plano divino da salvação. O sacrifício de Cristo não foi só por alguns, mas por toda a humanidade caída e perdida sem Deus.
Quando você for ao trabalho, escola, supermercado, a casa de um amigo ou parente, ou mesmo para um passeio, olhe em volta, contemple a multidão ao teu redor veja quantos famintos e desesperados estão espalhados por aí. E da próxima vez não fique apenas indignado com a situação em que eles se encontram, lembre-se das palavras do Senhor Jesus: Dai-lhes vós mesmos de comer.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

UM MOMENTO PARA REFLEXÕES

 O Brasil passa por um momento onde refletir sobre as ações políticas se fazem muito necessário. Estamos para decidir não somente o futuro ou os rumos da política nacional, mas também da Igreja em nosso país. E, quanto a isso, não podemos ficar indiferentes.
Muitos cristãos acham que não devem se meter em política, mas esse é um pensamento que precisa acabar com urgência. Em breve as decisões políticas iram mexer com a liberdade cristã! Muito daquilo que reprovamos, e porque não dizer abominamos, poderá se tornar algo apoiado pelas leis brasileiras, formuladas por homens e mulheres que não tem nenhum compromisso com DEUS, e por isso sem compromisso com o que é moralmente correto.
Os valores cristãos estarão correndo o risco não de serem invertidos mas de serem absolutamente demolidos. Se algo não for feito, se providencias não forem tomadas imediatamente, nossa liberdade de expressão como cristão será comprometida. Não poderemos pregar contra os valores mundanos pois esses terão apoio constitucionais. Seremos considerados criminosos se dissermos que somos contra a homossexualidade ou o aborto. Pastores podem, até, serem presos caso se neguem a realizar casamentos de pessoas do mesmo sexo! Quero deixar bem claro que antes que alguem venha me chamar de extremista religioso ou homofóbico, que nada disso eu sou. Sou apenas alguem que conhece e ama as verdades relatadas nas Sagradas Escrituras. Nada tenho contra os homossexuais como pessoas, pois para mim são tão carentes do amor de DEUS quanto qualquer outras pessoas, mas sou contra uma prática que DEUS, em sua palavra, deixa claro que desaprova e quem O ama deve também desaprovar e evitar tudo aquilo que Ele abomina. Não podemos ficar apenas olhando passivamente estes acontecimentos. É preciso ação!
Lembremos do profeta Jonas que foi convocado pelo Senhor a pregar e mostrar o quanto DEUS estava indignado com o modo perverso de viver dos ninivitas. Ele tentou fugir da responsabilidade. Mas quando Ele nos dá uma missão se tentarmos nos desviar do seu propósito teremos que arcar com as consequências. E tenha certeza, cedo ou tarde teremos que prestar contas com o Senhor. Seremos julgados não somente pelo que fazemos mas seremos, também, pelo bem que deixarmos de fazer ( Tg 04:17 ).
É ora, pois, de refletirmos e tomamos parte nas decisões que envolvem o futuro de nossa nação. É preciso analisarmos a quem estamos dando poder de decisão sobre nosas vidas.
Sei que há uma desconfiança quase que generalizada sobre os políticos de nossa nação, mas eu creio que ainda há homens e mulheres comprometidos com a verdade, joelhos que não se curvaram a Jesebel e que estão firmes no propósito de serem instrumentos de DEUS para esse mundo.
Pare, pense, reflita muito sobre o assunto. Quando for votar, vote não somente com uma consciência política, mas principalmente com uma consciência cristã.

Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme. (Pv.29:2)
clique no link abaixo e veja um vídeo que fala sobre esse asunto 

terça-feira, 31 de agosto de 2010

ALGO A MAIS!

Todas as pessoas que se aproximam de JESUS, buscam-no por terem uma necessidade especial, independente de qual seja a área em que se esteja precisando. Alguns por motivo de doença, outros por problemas familiares,sociais, emocionais, financeiros, em fim, sempre há uma necessidade.
No evangelho de Lucas cap. 5: 17 a 28, vemos a história de uma dessas pessoas. Um homem que precisava a aproximar-se do SENHOR, pois ele representava sua única esperança de conseguir andar(ele era paralítico). Com certeza ele deve ter procurado muitos médicos, feito vários tipos de exercícios na busca de realizar seu maior sonho, de tentar satisfazer sua maior necessidade.
Andar, para aquele homem, representava muito, era mais do que estar de pé. Poder andar significava para ele não depender mais da boa vontade dos outros, pois para qualquer que fosse o lugar que ele precisasse ir, só poderia se alguém o carregasse, o ajudasse e nem sempre há pessoas disposta a ajudar ou com tempo integral para pôr-se a disposição.
Tente imaginar como o coração dele ficou quando soube que JESUS esta em sua cidade, era uma oportunidade única, que de maneira alguma poderia ser desperdiçada.
A Bíblia nos conta como foi difícil para aquele homem e seus amigos chegarem até o Mestre, foi preciso um esforço quase que sobre humano para transportá-lo por sobre o telhado e ir ao ponto em que JESUS se encontrava. Com certeza quando ele, em fim, conseguiu chegar, sua apreensão e dos que o ajudaram era enorme, agora faltava pouco, era questão de pouquíssimo tempo para o objetivo final ser alcançado.
Mas, para surpresa dele e de todos os que com ele estavam, JESUS lhe oferece algo mais do que ele foi buscar. O SENHOR ofereceu-lhe PERDÃO para os seus pecados. Essa atitude de JESUS causou espanto e revolta nos fariseus que ali estavam. Eles não foram capazes de perceber que o SENHOR estava ali para satisfazer as necessidades e tirar todos os males do povo e o maior deles é justamente aquilo que é a causa da maior tragédia que ocorreu com a humanidade: o pecado.
Aquele homem tinha uma grande necessidade física, mas ele tinha uma maior do que essa, ele tinha uma necessidade espiritual, ele precisava de PERDÃO para os seus pecados. Note que após ter sua alma saciada, o milagre aconteceu na vida dele.
A você que está lendo essa mensagem, eu não sei qual é a sua necessidade, não sei qual é o motivo pelo qual você tem procurado JESUS, mas uma coisa eu sei:
ELE TEM ALGO A MAIS PRA VOCÊ!

Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus. Lc 10:20”

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

FALAR DE DEUS É NECESSÁRIO!

  Se existe algo que nos dias de hoje se faz extremamente necessário é falar de DEUS para as pessoas.
  No mundo em que vivemos, onde a violência e todo tipo de praga sociológica tem crescido a cada dia, se quisermos ver as coisas mudarem só existe um meio: DEUS!.
  E falar de DEUS é obrigação de todos nós, independente se você ocupa algum cargo ou não dentro de uma igreja. Pessoas estão morrendo, lares estão sendo destruídos, vidas sendo lançadas ao precipício. algo precisa ser feito. urgente! Só DEUS pode mudar essa situação.
  no capitulo 5 do livro de 2 Reis nos mostra como uma menina ao falar do poder de DEUS mudou a história de um homem. O testo é bastante conhecido. Naamã era um alto oficial do reino da Síria, porém a lepra lhe tirava a alegria, afinal quem consegue ser feliz estando doente. Mas sua vida começou a mudar quando uma certa menina lhe falou a respeito do que o SENHOR poderia fazer por ele através do profeta Eliseu .
Foi um testemunho tão simples, porém oportuno. Naamã poderia ter passado o resto de sua vida doente e infeliz. Mas pelo agir de DEUS tudo mudou! O SENHOR manifestou o seu poder através do profeta, mas tudo começou com as simples palavras de uma menina.
Você já pensou em quantas vidas ao seu redor podem ser mudadas se simplesmente abrir a sua boca e falar de quem pode tudo fazer por eles?
A doença da humanidade atual chama-se pecado. E só o sangue de JESUS pode trazer a cura.
Fale que Ele salva, cura, liberta e restaura vidas. E que em breve virá para nos levar aos céus.
Não perca tempo e nem diperdice as oportunidades.
Lembre-se:
falar de DEUS é necessário 

Primeira mensagem

Este blog tem o intuito de levar seus visitantes ao conhecimento e intimidade maior com DEUS e sua palavra. 
       Nosso objetvo não é expressar meras opiniões sobre religião, mas mostrar à luz da palavra de DEUS o caminho certo pra chegar até ele.
       Se você tem cede de conhecimento sobre a Verdade, aqui é seu lugar.
        Que DEUS abençoe a todos.
                     Pr, Francisco Irineu.